Beleza e proteção

MarceloMarona_FeiconNE

Por Carlota Guerra

As cortinas são como a roupa da casa, preenchem os ambientes emoldurando as janelas dando um toque de personalidade. Também garantem privacidade e a luminosidade no ponto certo.  Podem ser vaporosas e translúcidas, dramáticas e cenográficas ou práticas e clean. Tudo depende do projeto de interiores, adequação do produto ao ambiente e proteção pretendida para o lugar.

Na hora da escolha, para cada ambiente e necessidade, há um tipo de produto e, como a moda, cada estação traz novidades. Existem modelos que dosam a claridade e mantêm a paisagem à vista, outros impedem a entrada de luz no quarto e no home theater, permitindo aconchego, um sono sem interrupções ou maior visibilidade na tela. Com cortinas e persianas é possível obter maior conforto térmico e proteger móveis, objetos decorativos, pisos e tapetes da ação do sol. Casas com grandes varandas e janelas que podem ter seu interior devassado, apartamentos em andares baixos ou com janelas próximas ganham privacidade com o produto. Cortinas em tecido deixam o cômodo mais aconchegante e harmonizam bem em praticamente todos os tipos de ambientes, uma vez que para fazê-las existe uma ampla variedade de acabamento, cores, estampas e tramas. Persianas em madeira, cortinas romanas, cortinas plissadas e rolôs são mais modernas, podendo ser usadas tanto em residências quanto em ambientes comerciais.

O mercado é rico em opções, com modelos inclusive motorizados, em que com controle remoto pode-se regular a luz, fazer abrir e fechar. Quanto aos materiais, há modelos de alumínio, madeira, algodão, poliéster, PVC, fibras naturais e sintéticas. A escolha depende do tipo de ambiente e do objetivo desejado: dar beleza, escurecer o espaço, filtragem dos raios solares ou privacidade.

A peça deve acompanhar a proposta da decoração, sem brigar com os outros itens da decoração , ela atua como complemento e nunca como a vedete do ambiente. Em caso de dúvida, as persianas e rolôs clarinhos funcionam como elementos neutros e vão bem em qualquer estilo de decoração. Madeiras no tom natural e fibras podem ser usadas para criar um clima despojado, ideais para campo ou praia. As de tecido, que nunca saem de moda, vão bem em qualquer situação, é só escolher o padrão certo. A evolução tecnológica dos últimos anos foi grande e apresentam , sem dúvida, uma opção pelo menos para cada necessidade. Para proteção, por exemplo,  já existem tecidos próprios, que controlam o calor e filtram os raios UV sem impedir a entrada de luz natural nem esconder totalmente a paisagem.

*Carla Guerra é jornalista graduada pela Universidade Católica de Pernambuco, com 30 anos de atuação, é articulista e afcionada por arquitetura, decoração e design. É editora da revista ClassCasa Magazine e de vários produtos editoriais, também realiza mostras e exposições, sendo diretora do projeto Decor Prime Show, para a Feicon Batimat Nordeste.