BNDES é responsável por 71% das vendas de caminhões e ônibus no Brasil

Claudio Bernardo Guimarães de Moraes, superintendente da entidade e palestrante do 24º Congresso & ExpoFenabrave, em Curitiba, disse acreditar na recuperação do setor de automóveis

 O Financiamento de Máquinas e Equipamentos (FINAME) é hoje responsável por 71% das vendas de caminhões e ônibus no Brasil, apontou o superintendente do BNDES, Claudio Bernardo Guimarães de Moraes, durante workshop sobre perspectivas de financiamento apresentado no 24º Congresso & ExpoFenabrave, em Curitiba, nesta quinta-feira, 14.

Desde 2007, houve um crescimento de mais de 20% de participação do banco no total de financiamento nacional. “A crise gerou oportunidade para o segmento de consórcio, e o BNDES foi fundamental para fortalecer a indústria e o que mais é envolvido, como fabricação de peças e outros itens”, contextualizou Moraes. “No entanto, não é bom o mercado ficar 100% dependente de nós”.

Guimarães de Moraes disse acreditar numa retomada do setor automotivo no Brasil e destacou que, até junho de 2015, o segmento de máquinas agrícolas terá as mesmas condições de financiamento atuais. No entanto, ressaltou que o BNDES deverá ser mais seletivo no terceiro quadrimestre devido às eleições presidenciais. “A alocação de recursos será mais cuidadosa”, alertou. “Isso nos tornará operacionalmente mais restritivos. Temos que ser mais precavidos.”