Category Archives: Mecânica Nordeste

Divulgação da Fimmepe Mecânica Nordeste fortalece o evento em todo o Nordeste

Uma série de viagens pelo Nordeste tem contribuído para a divulgação da Fimmepe – Mecânica Nordeste na região. A maratona de apresentações teve início em Sergipe e já passou pelo Ceará e pela Paraíba, com a realização de reuniões e entrevistas coletivas.

Nestes encontros, é destacada a contribuição da feira para a modernização das indústrias dos estados nordestinos fazendo com que as pessoas conheçam as inovações tecnológicas e façam novas parcerias, práticas que levam ao aprimoramento dos negócios. Para Tatiana Menezes, diretora regional da Reed Exhibitions Alcantara Machado, um dos maiores benefícios do evento é colocar, em um mesmo ambiente, compradores e vendedores. “A indústria do Nordeste vive um momento de maturidade. Todos se beneficiam com esse cenário. Na Fimmepe – Mecânica Nordeste empresas regionais se posicionam junto a grandes marcas internacionais, formando, assim, o maior painel para atualização profissional e negociação da indústria em todo o Nordeste”, explica.

O evento acontece de 21 a 24 de outubro no Centro de Convenções de Pernambuco e tem entrada gratuita para os profissionais do setor que se pré-credenciarem pelo site www.mecanicanordeste.org.br

Indústria volta a crescer no Brasil

A Confederação Nacional da Indústria aponta que a atividade industrial cresceu 0,6% em julho com relação ao mês anterior. Este é o primeiro crescimento após quatro meses bem complicados para o setor. O rendimento anual acompanhou o crescimento e apresentou uma taxa 0,1% maior. A Copa do Mundo afetou os indicadores, pois fez com que o mês de junho tivesse menos dias úteis em comparação a julho.

Para o segundo semestre deste ano a 20ª edição da Fimmepe – Feira da Indústria Mecânica, Metalúrgica e de Material Elétrico de Pernambuco, vem para contribuir com o aumento do setor. Além da exposição tradicional, o evento contará com rodadas de negócios entre representantes das empresas expositoras e compradores, que estarão aproveitando o ambiente propício para ampliar contatos e fazer negócios.

O evento que acontece de 21 a 24 de outubro no Centro de Convenções de Pernambuco tem entrada gratuita para os profissionais do setor que se pré-credenciarem pelo site www.mecanicanordeste.org.br

A expansão das Feiras de Negócios

Foto sr. Armando - pres. Ubrafe

Formatos que impulsionam a cadeia produtiva do setor de eventos

Por Armando Arruda Pereira Campos Mello (*)

O poder de concretizar novos negócios, realizar pesquisa sobre novos produtos e principalmente encontrar compradores, produtores, fornecedores e distribuidores com as principais novidades do setor da economia. Tudo acontece nas Feiras de Negócios das associadas da Ubrafe, – União Brasileira dos Promotores de Feiras. E este mercado que movimenta riquezas da ordem de R$16 bilhões por ano, somente na Cidade de São Paulo, está expandido seus horizontes para as demais regiões do Brasil.

As feiras setoriais são o termômetro da economia brasileira; o que significa que quando um dos setores econômicos vai bem, as feiras refletem os novos ventos da conjuntura econômica. E quando há retração, conseguem agregar bons ventos aos seus participantes e funcionar como uma mola propulsora de geração de negócios. Por mais que a internet e outras formas de comunicação facilitem o contato com os parceiros comerciais, não há nada que substitua o contato cara a cara – olho no olho – entre produtor e canal de distribuição. E é isso que esse tipo de evento proporciona. Além disso, os empresários que participam das feiras têm ainda a chance de conquistar dezenas de novos clientes de todo o País e do exterior.

Por essas razões, não são poucas as empresas que conquistaram boa parte de sua carteira de clientes através dos contatos, realizados em dezenas de feiras ao longo dos anos. E também são em grande número as empresas que, ano após ano, conseguem vender a produção de meses exclusivamente através dos contatos iniciados em uma única feira de negócios.

Mas isso não acontece num passe de mágica. O empresário precisa de muito planejamento e preparação, necessita ter preço, produto e traçar uma estratégia com o foco correto. Há inúmeras ações que deve realizar antes, durante e depois da feira para obter o melhor retorno.

O Brasil tem um vasto e qualificado calendário de Feiras de Negócios e começa a sua ampliação para o mercado, realizando eventos consagrados na região Sudeste em outras regiões. O aumento de áreas de exposição e o apoio da rede hoteleira apta para receber turistas corporativos contribuem para essamigração e ampliam o calendário de Feiras de Negócios das principais promotoras associadas da Ubrafe.

Existem muitos setores beneficiados com a realização de Feiras: construção, industrial, metal mecânico, metalurgia e material elétrico, hotelaria, logística, impressão, sinalização, serigrafia e toda a cadeia produtiva do ramo têxtil. Favorecidos, esses setores geram riquezas e beneficiam a economia local. O Brasil, com suas peculiaridades, riqueza e conhecimento de necessidades especificas de mercado consegue transportar feiras e garantir um desenvolvimento efetivo desse tipo de negócio. Os eventos farão a diferença na economia local, gerando riqueza e desenvolvimento nas principais localidades brasileiras, a começar pelas Regiões Nordeste e Sul.

(*) Armando Pereira Campos Mello é Presidente Executivo da Ubrafe -União Brasileira dos Promotores de Feiras e Diretor Superintendente do SINDIPROM/SP – Sindicato das Empresas de Promoção, Organização e Montagem de Feiras, Congressos e Eventos do Estado de São Paulo.

Confiança foi a palavra chave no lançamento da Fimmepe

O lançamento da 20ª edição da Fimmepe – Mecânica Nordeste, Feira da Indústria Mecânica, Metalúrgica e de Material Elétrico, que aconteceu nesta segunda-feira (04) contou com a presença de dezenas de autoridades, empresários e profissionais ligados ao setor industrial.
Segundo Silvio Leimig, diretor da Suape Global e representatne da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco o sucesso do evento já está garantido, a indústria mecânica tem sido suporte para o crescimento de Pernambuco e por isso o evento é de grande importância para o governo do estado.

A edição de 2013 movimentou cerca de R$ 150 milhões em negócios. Uma pesquisa realizada durante o vento constatou que 85% dos participantes ficaram satisfeitos com a feira e 91% tinham interesse em visitar a próxima edição.

Parcerias com universidades, rodadas de negócios e workshop para os expositores estão inclusos na programação de sucesso para a edição deste ano. A Fimmepe será realizada em uma área de 13 mil m² e contará com a presença de 150 marcas expositoras nacionais e internacionais. São esperados cerca de 11 mil visitantes.

O evento que acontece de 21 a 24 de outubro no Centro de Convenções de Pernambuco tem entrada gratuita para os profissionais do setor que se pré-credenciarem pelo site www.mecanicanordeste.org.br

Com PIB positivo desde 2007, Pernambuco abriga mais uma edição da FIMMEPE

20ª maior feira industrial do Nordeste tem projeção de crescimento apoiada no bom desenvolvimento da economia local

Pernambuco maio de 2014 – Para o próximo mês de outubro entre os dias 21 a 24,  acontece a FIMMEPE considerada a  maior feira do setor de máquinas industriais do nordeste. O evento trará novidades para profissionais do setor e tecnológicas nas áreas da metalurgia, mecânica, elétrica, robótica, entre outras. Diante de um cenário positivo, espera-se que o evento tenha a exposição de 150 marcas em negociação com um público estimado em 11 mil compradores.

De acordo com o Presidente da Agência Condepe/Fidem, Maurílio Lima, mesmo diante de uma economia internacional em crise, Pernambuco mantém o bom desempenho. “A economia de Pernambuco, desde 2007, vem apresentando taxas médias de crescimento em torno de 5% ao ano acompanhadas pelo aumento dos índices de emprego, valorização do salário mínimo e ascensão de novas categorias sociais. Esse resultado se deve, principalmente, às políticas de incentivo ao desenvolvimento econômico no âmbito estadual e federal”, salienta Maurílio.

Realizada anualmente, a FIMMEPE é a principal ferramenta de vendas para a indústria regional. O evento é realizado pela Reed Exhibitions Alcantara Machado, mesma organizadora da Feira da Mecânica, maior evento da América Latina do setor industrial que, somente este ano, já movimentou R$ 500 milhões em negócios.

Para mais informações sobre a FIMMEPE, acesse http://www.mecanicanordeste.org.br/