Category Archives: Mecânica

Último dia para visitar a Mecânica 2016. Indústria sai revigorada


Este sábado, 21, é o último dia da Feira da MECÂNICA 2016. Quem veio, escreveu na história mais um capítulo positivo na economia da indústria nacional e da América Latina. Veja os depoimentos de quem já participou do evento e corra para o Anhembi. Até às 17 horas ainda dá tempo de participar das grandes negociações industriais.

  • OBR Equipamentos: experiência positiva e grande história na MECÂNICA.
  • Knuth AL comemora negócios durante evento!
  • Trumpf e sua parceria com a MECÂNICA 2016: sucesso!

 

Mais que um evento uma universidade para profissionais do setor industrial

MAIS QUE UM EVENTO UMA UNIVERSIDADE

Uma das coisas mais incríveis no universo da propaganda, publicidade e ações de marketing, é a surpreendente mutação que essas áreas vivem sofrendo. Se antes uma ação de marketing tinha o objetivo somente em gerar lucro, vendas ou transações comerciais, hoje ela também tem a missão de informar, ensinar, formar conceitos e muitas vezes trazer discussões ao público.

Apesar das feiras de negócios serem bastante tradicionais, elas também sofreram grandes transformações com o correr dos anos. Atualmente, o conteúdo é parte obrigatória nesses encontros de negócios. Não é mais interessante para as empresas que os clientes não saibam o que estão adquirindo.

Comprovando essa tendência, a Feira da Mecânica aumenta a cada ano sua grade de palestras e seminários que acontecem simultaneamente à feira. Só nesta edição foram programadas aproximadamente mais de 300 horas de conteúdo para os visitantes do evento. Essas horas foram divididas em 16 atrações especiais.

Muitas vezes compradores ou consultores de uma empresa ficam encarregados pela atividade de comprar produtos e máquinas que eles não são tecnicamente familiarizados. Neste caso, a experiência desses profissionais na Feira da MECÂNICA serve como um ambiente universitário onde eles conseguem aprender e aplicar todo o conhecimento na compra certa dentro da exposição. “Eu vim como uma perspectiva do que era a indústria 4.0, mas depois de participar da palestra me mostraram um outro caminho a seguir. Agora, antes de fechar a compra eu consigo levar palpites e sugestões para a empresa onde trabalho”, comenta Isaque Caseiro, visitante que participou da palestra “Como preparar a sua empresa para a digitalização e indústria 4.0”.

Mas qual o principal diferencial dos cursos online ou até mesmo dos pagos? O engenheiro Jeffserson Mello, coordenador de sistemas fabris inteligentes da fundação Certi responde: “Aqui, na Ilha do Conhecimento, a possibilidade de poder debater o assunto e me relacionar com as pessoas que são do setor é a grande diferença desse conteúdo dentro do evento. Sem dúvida é um benefício imensurável frente aos outros cursos”

Perambulando por essas atrações também encontramos ex-alunos que agora são profissionais, mas ainda apaixonados por educação e conhecer coisas novas. “Não faz muito que sai da faculdade e já tem inúmeras soluções e inovações diferentes. Aqui dentro vivencio uma outra realidade”, comenta Weslley Raimundo da Accede, sobre a visita à Escola Móvel de Soldagem, atração simultânea à feira.

“É um casamento que não deve haver divórcio nunca. Eu tenho os produtos de um lado e a explicação teórica do outro. Ao invés de comprar um produto eu passo a comprar uma solução”.

Com essa frase acima do profissional Wellington Justino, da empresa Bekaert do Brasil, que participou do Seminário de Eficiência Energética, terminamos o último episódio da série “Qual a vantagem de participar de uma feira de negócios para minha carreira”.

Aproveita que ainda resta mais um dia de evento em 2016 e venha descobrir e debater temas importantes sobre o setor industrial.

Dá tempo! Amanhã, sábado, 21, na Ilha do conhecimento, tem uma palestra com Rogério Vitalli, Diretor Executivo – Instituto Avançado Robótica, ministrando o tema “Os principais processos para aplicações de Robôs Industriais”.

Leia todos os episódios da série “Qual a vantagem de participar de uma feira de negócios para minha carreira”:

– Começa maior encontro de profissionais antenados com o futuro da indústria no mundo

– 5 dicas para otimizar a visita dos profissionais à feira da mecânica

– Feira da MECÂNICA: uma rede social profissional além das digitais

– Mais que um evento uma universidade para profissionais do setor industrial

Cobertura do evento:

Acompanhe também nosso Canal do Notícias com vídeos e informações sobre tudo que está acontecendo na feira.

Na Mecânica a indústria faz negócios. Veja vídeo com os participantes


No maior encontro da indústria em toda a América Latina, o setor encontra ‘fôlego’ para continuar movimentando a economia. Nesta série de vídeos gravados direto do evento, você, que ainda não veio à exposição pode notar como compradores e marcas expositoras têm se encontrado e conseguido gerar negócios mesmo diante de um cenário econômico com restrições.

Há mais de 50 anos, a MECÂNICA é o evento referência para a indústria, palco para conhecimento, inovações, negociações e relacionamento. Para quem quer fazer parte dessa comunidade, o evento vai até amanhã, no Anhembi, em São Paulo. Entrada gratuita para profissionais do setor. Realizado a cada dois anos, o evento reúne 2.000 expositores e cerca de 90.000 compradores.

Quer saber mais? Confira a cobertura de vídeos exclusiva do primeiro e segundo dia na Feira da MECÂNICA!

Feira da MECÂNICA: uma rede social profissional além das digitais

RELACIONAMENTO

Se no ambiente online temos o Linkedin, que é a maior rede social do mundo criada para manter e gerar relacionamentos no mundo corporativo. Na vida real temos as feiras de negócios, que funcionam muito bem como uma rede profissional sem o uso da internet.

Neste terceiro episódio da série “Qual a vantagem de participar de uma feira de negócios para minha carreira?”, vamos explorar a Feira da MECÂNICA – evento que está acontecendo e vai até sábado (21) –, como nosso exemplo de rede social corporativa sem precisar estar conectado a world wide web.

Suponhamos que os 100 mil profissionais visitantes do evento sejam os membros dessa rede, acrescentando mais as 2.100 marcas nacionais e internacionais que estão expondo na feira, não é de chamar a atenção todo esse público reunido no mesmo lugar? Mas você deve estar pensando, esses dois públicos tem objetivos diferentes quando pensam em participar de um evento de negócios. Mais ou menos. Para os visitantes o pensamento basicamente é fechar negócios, conhecer as inovações, comparar preços e fazer relacionamento. Para o expositor é promover seus produtos, conseguir novos clientes, reforçar a marca institucionalmente e fazer relacionamentos. Note que a última intenção é mútua entre eles.

Claro que no âmbito relações existem várias esferas. Mas a grande curiosidade e descoberta dessa série foi encontrar expositores e visitantes que viraram, ou quase, colegas de profissão a partir de um relacionamento no evento.

A feira da MECÂNICA é uma verdadeira vitrine de sonhos profissionais para os visitantes do evento. Pelo menos foi assim para o profissional Rafael Mendes. “Nem sei quantas vezes andei por esse pavilhão e só pelas ‘super máquinas’ ou inovações que estavam sendo expostas já tive vontade de concorrer a uma vaga dentro da empresa. Até me aventurei com relacionamentos feitos aqui e processos seletivos posteriores. Participar do evento sem dúvida me engradeceu profissionalmente”.

O expositor André Schier, da OBR Equipamentos, explicou que além de criar uma rede profissional intensa com seus clientes, fornecedores e prospects, também conheceu e até contratou vários colegas de profissão. “Já contratei pessoas que conheci na feira, inclusive a feira já foi palco de entrevistas com profissionais que estão comigo até hoje na empresa”

O responsável pela Arena de Logística integrada – atração que acontece na área da feira Santos Offshore (evento simultâneo à Mecânica) –. “Às vezes, a pessoa apenas veio visitar o evento e conforme criamos um contato, de cara notamos aptidões que seriam interessantes para nossa empresa. Não é à toa que o evento é referência para os profissionais do setor. Tem muita gente boa aqui dentro”, comenta Deivid Roberto Santos.

Para você, profissional do setor, que quer conhecer um pouco como funciona as melhores empresas no ramo industrial e criar uma rede de relacionamentos, o endereço essa semana não é www…, mas sim o Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São aulo. O seu credenciamento é gratuito, clique aqui.

Próximos episódios:

– Mais que um evento uma universidade para profissionais do setor industrial

Cobertura do evento:

Acompanhe também nosso Canal do Notícias com vídeos e informações sobre tudo que está acontecendo na feira.

*Texto produzido por Andressa Bezerra – Reed Exhibitions Alcantara Machado

5 dicas para otimizar a visita dos profissionais à feira da MECÂNICA

dicas

As dicas a seguir não são indicações do tipo “como chegar”, “como se vestir” ou “valores de estacionamento”, claro que essas informações são importantes e você encontra tudo isso clicando aqui. A intenção real desse segundo episódio da série Qual a vantagem de participar de uma feira de negócios para minha carreiraé dar indicações objetivas para tornar mais eficiente a visita dos profissionais do setor à Feira da MECÂNICA.

Para atingir esse objetivo fomos andar lado a lado de alguns visitantes no pavilhão. Compartilhando de suas experiências, foi possível absorver as tais dicas valiosíssimas para você que ainda não visitou a feira.

1. Precisa trazer seu negócio para o futuro? A dica de Saulo Moraes, sócio da empresa Moura Moveis, é não deixar passar a oportunidade de visitar a feira. “Para quem procura maquinários para evoluir o processo de produção da empresa, sem dúvida é aqui que devem estar. Eu mesmo já encontrei várias máquinas que precisava, até mesmo equipamentos que ainda não tinha conhecimento”. Saulo ainda conta que consegue sair à frente da concorrência visitando esse tipo de evento.

2. Como o próprio Paulo Octávio – organizador do evento –, comentou no primeiro episódio desta série, as pessoas que se aventuram em feiras de negócios precisam ser profissionais curiosos, e é exatamente isso que o visitante João Luis Cunha, desenvolvedor na JCM Analítica, testemunha para nós. “A Feira da MECÂNICA concentra o maior número de fornecedores, isso é um fato. E andando por todos os estandes da feira, encontrei um expositor que valeu minha viagem até aqui. Ele vende a máquina que constrói a peça que eu preciso. Então, se eu for deixar uma dica para os profissionais que virão nos próximos dias é: não visite somente algumas marcas, isso é um erro gravíssimo, vá a TODOS os estandes, de A à Z. E para não se perder, outra dica é baixar o aplicativo do evento, que me ajudou muito no deslocamento dentro do pavilhão”.

3. Dizem que uma rede de contatos é a alma do negócio, e comprovadamente essa premissa se mostra cada vez mais evidente em tempos de globalização. Com a informação chegando antes de nós, fica ainda mais difícil estar atualizado e bem relacionado. Então, quem dá a dica aqui é o Michael König, diretor administrativo da Rewitec. “Além de visitar a feira pela sua importância e referência, o meu maior objetivo é realizar A gente está sempre conhecendo pessoas, mas com a correria diária fica impossível administrar tantos contatos. Aqui é um oportunidade única para reencontrar cara a cara com pessoas chave e, principalmente, conhecer novas”.

4. Pelos corredores do evento não existem somente profissionais do setor que atuam em indústrias, mas encontram-se também professores que precisam estar sempre em formação continua para realizar melhorias em sua prática docente. O Profº e Drº Vitor Tomaz Guimaraes Naves, do departamento de Engenharia Mecânica da Universidade Federal do Triângulo Mineiro, é um deles. “90% dos produtos em nosso laboratório são formados pelos produtos que encontramos aqui na feira da MECÂNICA. Para quem quer diversidade, este é o ambiente ideal. A propósito, esse é o maior diferencial desse evento em comparação com outros

5. O que é a indústria 4.0 para você? Esqueça todas as definições pré-concebidas e venha conhecer pessoalmente as soluções e máquinas que já estão ou que ainda irão compor esse cenário no Brasil e no mundo. É a dica do Bruno Cabral, proprietário da Cabral Arquitetura.

Próximos episódios:

– Feira da MECÂNICA: uma rede social profissional além das digitais
– Mais que um evento uma universidade para profissionais do setor industrial

Cobertura do evento:

Acompanhe também nosso Canal do Notícias com vídeos e informações sobre tudo que está acontecendo na feira.

*Texto produzido por Andressa Bezerra – Reed Exhibitions Alcantara Machado