Setor sucroenergético tem espaço na Ffatia 2014

Empresas investem em segmento no Estado que é o segundo maior produtor de cana do País

O Estado de Goiás é o segundo maior produtor de cana-de-açúcar e de etanol do País, perdendo apenas para São Paulo. Ao todo, são 37 usinas instaladas aqui, o que gera empregos diretos e indiretos a cerca de 100 mil pessoas. Em 2014, a expectativa é que sejam processadas 60 milhões de toneladas de cana até o final do ano.

Visando estreitar os laços com essa cadeia produtiva, muitas empresas marcaram presença na Mostra Sucroenergética da 9ª Feira de Fornecedores e Atualização Tecnologia da Indústria de Alimentação (Ffatia), realizada no Centro de Convenções de Goiânia.

É isso que explica o representante da Mobil, Alexandre Castello, que trouxe como novidade os lubrificantes que não contaminam alimentos. “Aqui mantemos contato com possíveis clientes e promovemos parcerias”, explica. Segundo ele, esse tipo de feira é fundamental para manter um bom relacionamento, tanto é que buscam sempre participar dos encontros.

Participando da Ffatia desde a primeira edição da Feira, o diretor da Alusolda, Paulo César Bessa, vê na atividade uma oportunidade de fazer relacionamentos duradouros. “A receptividade com relação aos nossos produtos é boa. Trouxemos novidades principalmente para manutenção e reforma de maquinário de indústrias”, aponta.