Uma casa fabricada com impressora 3D

Amsterdã_Carlota_FeiconNE2016

Por Carlota Guerra

À beira de um canal em Amsterdã, uma casa está sendo erguida de forma totalmente inovadora e eficiente. Em vez de enormes gruas e caminhões de cimento, a construção conta somente com um imenso contêiner espelhado, do qual saem misteriosos blocos de plástico pretos. Os módulos são como peças de lego gigantes, que, aos poucos, vão tomando a forma de um canto de parede coberta por uma textura retrô de cubos.

O projeto foi iniciado em 2014 e tem sua conclusão prevista para 2017, com a entrega com 100% da estrutura construída e ambientada. Esse ambicioso projeto, de nome Canal House, servirá de teste para o que pode ser uma nova tendência da engenharia construtiva e também funcionará como museu de novas tecnologias. A ideia dos profissionais da empresa holandesa Dus Architects é bastante simples: fazer uma casa de 13 cômodos com a mesma técnica que hoje é usada para prototipagem e para a produção de objetos como capas de celulares e brinquedos.

E para isso os arquitetos precisavam de uma ferramenta de trabalho à altura. Eles então adaptaram um contêiner para criar uma das maiores impressoras 3D já feitas, a Kamer Maker. Por enquanto, a equipe holandesa trabalha com o mesmo plástico usado em impressoras 3D comuns. Mas eles já estão desenvolvendo um novo material, mais sustentável e adaptado para o uso na arquitetura. Em um único bloco, a máquina imprime fachada, estrutura interna e ornamentos, sem necessidade de acabamentos. Cada peça de 180 quilos leva cerca de uma semana para ficar pronta.

A ideia é imprimir, montar, desmontar e refazer cada um dos cômodos até completar toda a estrutura. No fim, os blocos ocos devem ser preenchidos com uma espuma, que vai endurecer como concreto e unir as peças de plástico. O projeto, ressaltam os idealizadores, é um experimento que servirá de base para o desenvolvimento de novas máquinas e métodos que atendam às necessidades desse tipo de trabalho.
Carla Guerra é jornalista graduada pela Universidade Católica de Pernambuco, com 30 anos de atuação, é articulista e afcionada por arquitetura, decoração e design. É editora da revista ClassCasa Magazine e de vários produtos editoriais, também realiza mostras e exposições, sendo diretora do projeto Decor Prime Show, para a Feicon Batimat Nordeste.