Demanda brasileira crescente por alumínio movimenta mercado brasileiro

    Cada vez mais em alta, a indústria de alumínio vem mostrando um avança imenso no que diz respeito à reciclagem e uso deste material para otimizar produtos em diversas áreas do mercado. Dados de pesquisas mostram que em 2012 cerca de 97,9{4dfb7783fa803b4ec432920805abb3275f747ce96e109257936bd7cbe19ace89} das latinhas de alumínio para bebidas que foram consumidas foram recicladas. São números como este que apontam para um crescimento de 5,3{4dfb7783fa803b4ec432920805abb3275f747ce96e109257936bd7cbe19ace89} para o setor este ano.

    A demanda brasileira por alumínio tem crescido em média 8,6{4dfb7783fa803b4ec432920805abb3275f747ce96e109257936bd7cbe19ace89} ao ano, o setor de transporte vem sendo o grande consumidor deste mercado. Muitas peças de automóveis, com o incentivo do novo regime do inovar auto que será aplicado entre 2017 e 2020, começarão a ser fabricadas em alumínio já que por determinação deste novo regime, as empresas que reduzirem em 18,84{4dfb7783fa803b4ec432920805abb3275f747ce96e109257936bd7cbe19ace89} a emissão de CO2/Km ganharão descontos no IPI. Com o uso deste material, até mesmo o consumo de combustível será menor. Além de contribuir com a diminuição na emissão de poluentes, o maior uso deste material pode gerar saldo positivo para a balança comercial.

    Durante a Expo Alumínio, que acontecerá nos dias 1 a 3 de abril, no Centro de Exposições Imigrantes, toda a cadeia irá trazer novidades e informações que movem e poderão mudar o setor e tornar o mercado brasileiro cada vez mais forte frente ao mundo.

    Facebook Comments