Williams cria conceito de plataforma para veículo elétrico

Williams cria conceito de plataforma para veículo elétrico

Parte do grupo da equipe de Fórmula 1, Williams Advanced Engineering cria a FW-EVX, uma arquitetura escalável, com soluções e sistemas integrados

A Williams Advanced Engineering, empresa do mesmo grupo da famosa equipe Williams de Fórmula 1, apresentou um conceito de arquitetura para veículo elétrico, batizado de FW-EVX, produzido em alumínio e compósitos de carbono. Depois de revelado em setembro de 2017, durante o Low Carbon Vehicle Show, mostra anual de tecnologias sustentáveis realizado na Inglaterra, mais recentemente a empresa revelou detalhes mais técnicos de sua criação, que traz algumas soluções inéditas e promissoras.

A arquitetura FW-EVX é escalável. Ou seja, suas medidas são variáveis e, assim, ela pode atender aplicações dos segmentos C (do porte de Volkswagen Golf, Honda Civic ou BMW Série 1) e D (Mercedes Classe C, Toyota Camry ou Jaguar XE), além de variações intermediárias. O foco do projeto, segundo a empresa, são aplicações no segmento Premium ou de nicho.

Na medida de um típico veículo do segmento C, a plataforma pesa apenas 955 quilos. A estrutura inclui chassi com módulo de baterias, suspensão duplo A nas quatro rodas, até quatro motores elétricos e sistema de transmissão integral – além do próprio pacote de baterias de íons de lítio que, sozinho, pesa 350 quilos. O peso reduzido permite a instalação de uma maior quantidade de células de bateria, privilegiando a autonomia do veículo sem comprometer a performance ou a própria eficiência energética.

“Nós desenhamos os principais sistemas do FW-EVX como parte de um chassi de alumínio e compósitos. Assim, eliminamos os problemas que surgem quando elementos individuais de um powertrain elétrico são criados separadamente e depois integrados.”
Paul McNamara, diretor técnico da Williams Advanced Engineering

Além de escalável, outra característica importante da plataforma desenvolvida pela Williams é que o módulo de baterias é bastante delgado, ampliando o espaço disponível para a cabine e, também, reduzindo o centro de gravidade do veículo, o que contribui para aumentar a estabilidade do veículo, conferindo uma melhor dirigibilidade. Essa característica é fruto da experiência da empresa no fornecimento das baterias que são utilizadas nos carros da Fórmula E, a categoria de monopostos elétricos que vem atraindo cada vez mais o interesse das fabricantes de automóveis.

Vantagens

O diretor técnico da Williams Advanced Engineering, Paul McNamara, destaca que, além de oferecer leveza, segurança e zero emissões, um veículo construído sobre a plataforma FW-EVX também terá uma melhor relação custo-benefício do que uma eventual adaptação de uma arquitetura de veículo convencional com motor de combustão interna ou, ainda, de uma plataforma específica para veículo elétrico montada a partir de sistemas de diferentes fornecedores.

Facebook Comments

Deixar uma resposta